Pular para o conteúdo principal

DIETA DA GOJI BERRY EMAGRECE ATÉ 2 KILOS POR SEMANA : O NOVO SUPERALIMENTO DA MODA

Goji berry ajuda a queimar calorias / Foto: Shutterstock



Dieta da goji berry emagrece até 2 kg por semana


publicado em 30 de de agosto 2012 por Helena Dias

Por Naiara Albuquerque

goji berry ainda é uma novidade em terras tupiniquins, mas há milhares de anos a fruta é cultivada e adorada pelos orientais. Os chineses, por exemplo, gostam tanto dela que  organizam festivais anuais e até ergueram uma estátua em homenagem ao cultivo das árvores dagoji berry.
O produto, originário da região sul da Ásia – China, Tibete e Índia –, começa a ganhar adeptos por aqui de olho nos componentes naturais que ajudam a queimar a gordura acumulada nas regiões dabarriga, da coxa, do bumbum e dos culotes, evitam o envelhecimento precoce da pele e ainda aumentam a imunidade.
Com uma lista de propriedades enorme, ela se destaca pela alta concentração de vitaminas: cada 100 gramas, ou 1 xícara (chá), de goji seca contém 2.500 miligramas de vitamina C, uma quantidade 50 vezes maior que uma laranja.
Para comprovar o que os chineses já sabiam, uma pesquisa desenvolvida pela Universidade do Arizona, nos EUA, investigou a composição da goji berry. Visto que um organismo com níveis de  vitamina C entre 5 e 15 miligramas passa a queimar mais gordura naturalmente, ficou fácil entender por que o consumo da fruta ajuda na eliminação de peso.
Outro trabalho sobre a goji berry foi publicado no respeitado American Journal of Clinical Nutrition. Nele, estudiosos comprovam a alta concentração de outras vitaminas, como B1, B2 e B6, cerca de 20 aminoácidos, potássio, selênio e cálcio. Essa mistura ajudou as pessoas que participaram da pesquisa a perderem 4 kg em apenas 14 dias.

Ataque à celulite

“A goji não é uma fruta considerada calórica. Uma colher (sopa) possui apenas 50 calorias. Ela ainda é rica em vitaminas e minerais, aumenta a renovação celular e também acelera o metabolismo e favorece a perda de peso”, explica o nutricionista clínico e funcional Fábio Bicalho.
Como se não bastasse, o alimento garante mais aminoácidos ao organismo, fundamentais para a produção das proteínas que serão usadas para enrijecer os músculos e reduzir a flacidez. Bicalho ainda revela mais um benefício que vai fazer as brasileiras caírem de amores pela fruta chinesa. A ingestão regular de goji berry combate a formação de celulite. “Ela é considerada um anti-inflamatório natural. Como a celulite é uma inflamação, a substituição de alimentos inflamatórios, como os que contêm gordura saturada e muita farinha branca pela goji, é ótimo.”
Plante em casa!

Plante a sua e coma fresquinha! / Foto: Shutterstock
Não há grandes segredos no cultivo da árvore que cresce do outro lado do mundo. Aqui no Brasil, é possível comprar sementes, mudas e até árvores mais crescidas para serem plantadas no jardim de casa ou mesmo em vasos pequenos, para quem tem o espaço reduzido. Em menos de dois anos você poderá começar a colher alguns frutos. Na China, cada pé produz, em média, 2 kg por ano, mas aqui no Brasil, sem as técnicas aprimoradas, a produção chega a metade disso. O investimento é baixo: uma muda não custa mais que R$30. Dê preferência para locais com sombra, mas se cultivar no interior de casa, garanta a luminosidade natural para as folhas crescerem. Consuma de uma a duas colheres (sopa) por dia da fruta

Fresca ou seca?

A goji berry pode ser consumida fresca, seca e misturada a frutas, saladas, cereais, sucos e  iogurtes. A recomendação é de 2 colheres (sopa) por dia. A versão seca sai por  aproximadamente R$ 30 o pacote com 100 gramas. “Quando for escolher, prefira as frutas orgânicas e as que tiverem uma cor vermelha rica.
Deixe de lado as duras, secas e escuras. A dosagem recomendada é de 15 a 45 gramas diários, o equivalente a uma ou duas colheres (sopa)”, orienta Patricia Davidson Haiat, nutricionista funcional e professora da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).
Mas além de ser encontrada in natura e seca em lojas de produtos naturais e empórios, a fruta é comercializada em pó por farmácias de manipulação em forma de cápsulas. A dose  recomendada é de 1.500 mg, ou 3 cápsulas diárias. A caixa com 60 comprimidos pode variar de R$ 21 a R$ 120.
Seja qual for a opção, saiba que a alta concentração de vitamina C é o grande trunfo de  incorporar o alimento à alimentação. E, independente de como for usá-la, nenhum  componente é perdido.
Confira as receitas que preparamos com os nutricionistas Patricia Haiat e Fábio Bicalho para incorporar a goji no cardápio e colher todos os benefícios.

O que mais você ganha com a goji berry

A nutricionista funcional Patricia Davidson Haiat, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), aprova o consumo da goji berry diariamente. De acordo com ela, além de ajudar a emagrecer, o alimento deixa cabelos, unhas e pele mais fortes e bonitos, ajuda a equilibrar os níveis de colesterol e pode ser usada também no tratamento de impotência sexual. Confira!
Melhora o humor e regula o hormônio causador do estresse
A goji berry possui triptofano, também conhecido como a substância do bom humor, porque é precursor da serotonina, que afasta a depressão e controla o sono e o apetite.
Reduz o colesterol ruim (LDL) e protege rins e fígado
Por conter um ácido graxo chamado linoleico, a goji berry é indicada para diminuir o colesterol ruim do sangue e também o acúmulo de gordura no organismo.
Melhora a aparência da pele, deixando-a mais bonita e saudável
Tem mais betacaroteno do que a cenoura, o que aumenta a obtenção de vitamina A para combater a osteoporose, prevenir as doenças da visão e melhorar a aparência da pele como um todo.
Previne o desenvolvimento de câncer em todo o organismo
A goji berry afasta doenças degenerativas, como o câncer, por conter fi tonutrientes chamados betaína e germânio, além de combater os radicais livres, que são degenerativos.
Fonte:http://dietaja.uol.com.br/dieta-da-goji-berry-emagrece-ate-2-kg-por-semana/

Entenda por que o goji berry é o novo superalimento da moda

  • A alta concentração de vitamina C e a grande quantidade das vitaminas B1, B2 e B6 são atrativos da fruta
    A alta concentração de vitamina C e a grande quantidade das vitaminas B1, B2 e B6 são atrativos da fruta
Consumida pelos orientais há milhares de anos, goji berry ainda é novidade no país, mas vem conquistando cada vez mais espaço no cardápio dos brasileiros.  Originária do sul da Ásia - China, Tibete e Índia -, a fruta é a sensação do momento nas dietas e destaca-se também por suas propriedades benéficas à saúde.

Rica em variedade de aminoácidos, vitaminas, minerais, ácidos graxos insaturados, antioxidantes e polissacarídeos, o goji berry agrada à primeira vista por ser pouco calórica. Uma colher de sopa da fruta possui cerca de 50 calorias. Contudo, seus benefícios vão muito além da balança.
 
Lista extensa de benefícios

A alta concentração de vitamina C é um dos atrativos da fruta chinesa, como comprovado no trabalho publicado no American Journal of Clinical Nutrition. Cada 100 gramas da fruta contêm 2 gramas de vitamina C. Já 100 gramas, ou uma xícara de chá, da versão seca contém 2500 miligramas da vitamina, quantidade 50 vezes maior que a de uma laranja. Além disso, ela também possui grande quantidade das vitaminas B1, B2 e B6.Lista extensa de benefícios

A quantidade de vitamina C já justifica o consumo diário de goji berry e, segundo a nutróloga membro da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia) Marcella Garcez, sua ingestão por meio do alimento é muito mais eficiente para o organismo do que se fosse realizada em forma de suplementos.

A nutricionista Lenycia Neri, diretora da Nutri4Life, destaca que pesquisa publicada em maio de 2008, no Journal of Alternative and Complementary Medicine, comprovou que o consumo regular da fruta asiática resulta no aumento no nível de energia, desempenho atlético, qualidade do sono, facilidade de despertar e a capacidade de se concentrar em atividades. Além disso, pode ajudar na redução da fadiga e do estresse.
Antioxidante

Neri afirma que a lista de benefícios não para por aí. "Devido às suas propriedades antioxidantes, essa fruta é utilizada como agente na prevenção de doenças cardiovasculares e inflamatórias, distúrbios da visão, do sistema neurológico e imunológico, além de possuir propriedade anticancerígena e antienvelhecimento", afirma.

Já o ácido graxo chamado linoleico ajuda a reduzir a taxa de colesterol ruim (LDL) do sangue e os aminoácidos presentes na fruta colaboram para a produção de proteínas, que serão as responsáveis por enrijecer os músculos e reduzir a flacidez.

"Frutas com pigmentos vermelhos, como o goji berry, são ricas em carotenoides. Essas substâncias previnem doenças do envelhecimento e protegem a pele e os olhos", explica também a  nutróloga Marcella Garcez.

  • Thinkstock
    Na versão desidratada, é interessante que a pessoa consuma a fruta juntamente com um líquido para hidratar as fibras e potencializar os efeitos
Como consumir

Depois de se impressionar com a lista de benefícios, resta saber como consumir essa fruta vermelha tão poderosa. O goji berry pode ser encontrado fresco, seco e em forma de cápsulas.
"Para que consiga alcançar seu efeito medicinal, a dosagem diária recomendada é de 15 a 45 gramas, ou 120 ml de seu suco", afirma a nutricionista. A fruta pode ser misturada a outras frutas, saladas, sucos e iogurtes.

Como é fonte de energia, a nutróloga indica que a goji berry seja ingerida preferencialmente pela manhã e antes de atividades físicas.  "Se optar pela versão desidratada, é interessante que a pessoa consuma a fruta juntamente com um líquido pra hidratar as fibras e potencializar os efeitos benéficos", explica.
Por se tratar de uma fruta importada, a versão in natura não é encontrada facilmente. Contudo, é possível achar a goji berry desidratada em lojas e empórios de produtos naturais e cápsulas com o pó da fruta em farmácias de manipulação. A caixa com 60 comprimidos pode variar de R$ 30 a R$120 e o pacote com 150g da fruta desidratada custa, em média, R$ 40.
Fonte:http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2013/03/12/novidade-no-brasil-goji-berry-e-uma-fruta-poderosa-na-prevencao-de-doencas.htm

Bagas de goji: contra-indicações Contra Goji

Há muito tempo atrás, que provocou muita polêmica em torno dos alegados efeitos tóxicos de bagas de Goji. Embora posteriormente que estes foram causados ?por agrotóxicos usados ?no cultivo, alguns auréola de suspeita persiste entre aqueles que desejam usar suas propriedades famosos. Por esta razão, nunca é demais, alertar sobre as contra-indicações de bagas de Goji.
Bagas de goji, como a maioria das ervas têm contra certos que precisa saber, para estar ciente dos riscos potenciais associados ao seu uso em determinadas situações:
  •  Tal é o caso de gravidez e lactação. As mulheres grávidas devem abster-se de beber bagas de Goji, porque eles poderiam ser efeitos abortivos causados ??por uma substância em sua composição: a betaína. Efeitos desconhecidos que este e outros componentes das frutas pode causar o bebê através do leite materno, por isso alerta sobre a inconveniência de seu uso, se estiver a amamentar.
  • Além disso, devido aos seus efeitos hipotensores, bagas de Goji são contra, muitos sofrem normalmente na pressão arterial baixa e em aqueles que tomam medicamentos para hipertensão, como interagir com o mesmo melhorar o seu efeito. Por esta razão, você deve consultar o seu médico, para que em caso de adoção do consumo de bagas de Goji, ajustar a dose da medicação anti-hipertensiva.
  • Além disso, a casca da raiz da planta poderia ter Goji efeito hipoglicemiante. Que, embora possa ser uma alternativa natural para o controlo da diabetes, pode ser medicado pessoas hipoglicemiante riegoso como reforçar o seu efeito, pode causar hipoglicemia caixa.

Goji Berry Segredo das estrelas:Conheça o fruto tibetano que garante 




Postagens mais visitadas deste blog

MACA PERUANA E FERTILIDADE

Maca Peruana para melhorar a fertilidade?
Você já ouviu falar em Maca Peruana? Não! Pois bem, a Maca peruana é uma planta originária dos Andes, que parece um rabanete e cresce no alto das cordilheiras. Acredita-se que esta planta, cujas plantações sobrevivem em ambiente inóspito por cerca de 500 anos, tem uma boa ação como fortificante, revitalizante e aumenta a fertilidade das pessoas que a consome. Infelizmente ainda são poucos os estudos científicos comprovando os efeitos benéficos da Maca, entre eles estaria também o seu efeito como hipoglicemiante, tendo em vista que trata-se de uma planta rica em fibras. Segundo o endocrinologista Gustavo Gonzales, que tem a maioria dos artigos publicados sobre a maca, afirma que a planta tem realmente um bom potencial como afrodisíaco, mas que vai além, aumentando a contagem de espermatozoides nos machos e diminui a mortalidade dos embriões em fêmeas, ou seja, aumenta a FERTILIDADE. A maca é muito indicada para as pessoas que sofrem com a falta de…

AS MÚLTIPLAS FUNÇÕES DA MACA

Recém- chegada no Brasil, a Maca é o nutritivo superalimento dos Andes
e já está disponível na Mundo Verde
O elevado valor nutricional faz da Maca Peruana um poderoso superalimento, com alto teor de carboidratos, fibras, proteínas, lipídeos (ácido linolênico, ácido palmítico e ácido oleico), minerais, como cálcio, magnésio, fósforo, potássio, zinco, selênio e ferro, e vitaminas B1, B2, C e E. O tubérculo com formato semelhante ao do rabanete é um dos alimentos mais nutritivos que existem. “Os diversos nutrientes do Ginseng do Andes, como também é conhecido este superfood, atuam na prevenção e tratamento de algumas doenças”, afirma Thais Souza, nutricionista da rede Mundo Verde. A maca é nativa do local com menos quantidade de vegetação e mais alto da Cordilheira dos Andes, extraída de uma altitude superior a 4 km, onde as temperaturas são extremas – com calor intenso pela manhã a noites frias com geadas e ventanias, e o oxigênio é escasso. Auxilia na prevenção e tratamento de doenças card…