Pular para o conteúdo principal

OS MITOS E VERDADES POR TRÁS DOS ALIMENTOS FUNCIONAIS

  (Foto: Thinkstock)

Os mitos e verdades por trás dos alimentos funcionais

Da velha e boa linhaça ao novo queridinho koubo, desvendamos o que há de mito e verdade por trás dos inúmeros alimentos funcionais 

Descubra os maiores mitos e verdades por trás dos alimentos funcionais, da velha e boa linhaça ao novo queridinho koubo.

LINHAÇA
se hoje nos preocupamos mais com o teor funcional que com as calorias dos alimentos, é graças à linhaça. a semente conquistou o melhor lugar à mesa por reunir ativos capazes de diminuir a quantidade de gordura corporal, combater o inchaço, reduzir inflamações e colocar para funcionar o intestino. “ela também contém substâncias antioxidantes que retardam o envelhecimento da célula”, completa a nutricionista funcional e esportiva Fernanda granja, de são Paulo. Melhor: não há contra-indicação e é pouco calórica.

QUINOA
Mesmo sendo calórica, faz jus ao seu longevo sucesso pela quantidade de vitaminas e aminoácidos essencias. “É um grão tão completo que favorece desde o intestino e a imunidade até a melhora da capacidade de funcionamento do cérebro”, diz a nutricionista funcional carioca Patrícia Davidson. Plus: ameniza os sintomas da TPM.

AMARANTO
amigo das musas fitness, é um ótimo complemento para quem quer definir o corpo. “ele possui 15% de proteína e estimula a queima de gordura e a recuperação dos músculos após atividade física”, explica Davidson. a ordem é consumir ao menos duas colheres de flocos de amaranto por dia em sucos, caldos ou iogurtes.

ÓLEO DE COCO
Bastou a top Miranda Kerr dizer que recuperou a forma após a maternidade graças ao óleo de coco para que virasse hit.oque parece contraditório -um óleo eliminar gordura - tem explicação: ele controla o cortisol, hormônio do estresse que aumenta a gordura abdominal. “uma colher de sopa ao dia é o suficiente. Por conter ácidos láurico e caprílico, fortalece o sistema imunológico e melhora o funcionamento do intestino”, afirma granja. Mas deve ser consumido com parcimônia devido ao seu alto teor calórico: são 110 calorias numa colher de sopa.

KOUBO
O superalimento da vez é o koubo (também chamado de pitaya), fruta bem conhecida na caatinga do Nordeste, que tem como principal função aumentar a saciedade e amenizar aquele desejo quase incontrolável por doce. “além de rica em fibras, proteínas, vitamina C e ácidos graxos, carrega em sua composição substâncias, como a tiramina, que diminui a fome”, ensina Davidson. Disponível também em cápsulas com extrato da fruta, deve ser consumida antes das principais refeições.

BATATA-DOCE
É o carboidrato preferido das fitness girls por liberar energia para o treino de forma gradual. além disso, ajuda a não fugir da dieta. “Tem índice glicêmico baixo, nutrientes e enzimas que a fazem ser digerida lentamente, equilibrando a taxa de insulina e glicose e diminuindo picos de fome”, explica a nutricionista funcional Mariana Poletto, de são Paulo.

GOJI BERRY
Boa aliada da dieta, a fruta asiática antes desconhecida se tornou item indispensável de quem segue uma alimentação saudável. “Contém triptofano, hormônio que atua na sensação de bem-estar, diminuindo o apetite e prolongando a saciedade”, explica granja. Pouco calórica e rica em vitamina C, zinco, magnésio e ferro, é bem mais nutritiva que uma laranja. (ANDRÉIA MENEGUETE)


Fonte:http://vogue.globo.com/beleza/fitness-e-dieta/noticia/2014/10/da-linhaca-ao-koubo-os-mitos-e-verdades-por-tras-dos-alimentos-funcionais.html

  (Foto: Thinkstock)

Postagens mais visitadas deste blog

DIETA DA GOJI BERRY EMAGRECE ATÉ 2 KILOS POR SEMANA : O NOVO SUPERALIMENTO DA MODA

Goji berry ajuda a queimar calorias / Foto: Shutterstock

Dieta da goji berry emagrece até 2 kg por semana
publicado em 30 de de agosto 2012 por Helena Dias Por Naiara Albuquerque
A goji berry ainda é uma novidade em terras tupiniquins, mas há milhares de anos a fruta é cultivada e adorada pelos orientais. Os chineses, por exemplo, gostam tanto dela que  organizam festivais anuais e até ergueram uma estátua em homenagem ao cultivo das árvores dagoji berry. O produto, originário da região sul da Ásia – China, Tibete e Índia –, começa a ganhar adeptos por aqui de olho nos componentes naturais que ajudam a queimar a gordura acumulada nas regiões dabarriga, da coxa, do bumbum e dos culotes, evitam o envelhecimento precoce da pele e ainda aumentam a imunidade. Com uma lista de propriedades enorme, ela se destaca pela alta concentração de vitaminas: cada 100 gramas, ou 1 xícara (chá), de goji seca contém 2.500 miligramas de vitamina C, uma quantidade 50 vezes maior que uma laranja. Para comprovar o…

MACA PERUANA E FERTILIDADE

Maca Peruana para melhorar a fertilidade?
Você já ouviu falar em Maca Peruana? Não! Pois bem, a Maca peruana é uma planta originária dos Andes, que parece um rabanete e cresce no alto das cordilheiras. Acredita-se que esta planta, cujas plantações sobrevivem em ambiente inóspito por cerca de 500 anos, tem uma boa ação como fortificante, revitalizante e aumenta a fertilidade das pessoas que a consome. Infelizmente ainda são poucos os estudos científicos comprovando os efeitos benéficos da Maca, entre eles estaria também o seu efeito como hipoglicemiante, tendo em vista que trata-se de uma planta rica em fibras. Segundo o endocrinologista Gustavo Gonzales, que tem a maioria dos artigos publicados sobre a maca, afirma que a planta tem realmente um bom potencial como afrodisíaco, mas que vai além, aumentando a contagem de espermatozoides nos machos e diminui a mortalidade dos embriões em fêmeas, ou seja, aumenta a FERTILIDADE. A maca é muito indicada para as pessoas que sofrem com a falta de…

SUPER-ALIMENTOS-ALIMENTAR-SE PARA REJUVENESCER-DAVID WOLFE

Por David Wolfe
Ontário - Canadá - Agosto 2010
Meu contato com o mundo da jardinagem usando pó de rochas moídas me mostrou pela primeira vez a conexão entre saúde, longevidade e minerais. A idéia básica é que a qualidade dos minerais determina a qualidade da consciência de quem vive e se alimenta dos produtos do solo. Se vivermos em um solo deficiente em minerais, então é provável que soframos de pensamentos deficientes em minerais. Na verdade, toda a população provavelmente sofre de inúmeras maneiras invisíveis, até que nos tornamos conscientes do "fator mineral" na saúde. Esta idéia alterou o sentido da minha vida. Eu estava ansioso, não só para experimentar novos alimentos que contivessem mais e melhores minerais, mas também impaciente para começar a cultivar alimentos em solos contendo todos os minerais necessários para uma vida saudável. Isso foi há 20 anos e o meu entusiasmo nunca tem diminuído. Eu estou mais animado com os minerais agora do que nunca antes. Durante min…